Home » Codigos De Falha OBD2 » C1300 – Código de falha OBD2

C1300 – Código de falha OBD2

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Falhas de código C1300 por marcas

C1300 TOYOTA, LEXUS, SCION: MAU FUNCIONAMENTO DO ECU DE CONTROLO DE ESTABILIDADE

C1300 TOYOTA, LEXUS, SCION: MAU FUNCIONAMENTO DA ECU DE CONTROLE DE DERRAPAGEM

Descrição do código de falha C1300

O ECU de controle de estabilidade é um controlador que trabalha em conjunto com o ABS (Sistema de travagem antibloqueio) e o TCS (Sistema de Controle de Tração). Ele tem a capacidade de controlar a velocidade de cada roda e pode detectar se há condições em que uma delas pode ser bloqueada. No caso de encontrar um possível bloqueio, esta unidade de controle reduz a pressão do freio nessa roda, garantindo assim a manutenção do controle do carro.

Outra função do ECU de controle de estabilidade É regular o torque aplicado nas rodas e com base nesses dados determina se uma roda tem derrapagem. Nesse caso, reduz o torque para recuperar tração. Graças ao trabalho deste controlador, a segurança do carro é aumentada, mantendo os freios e a aceleração controlados.

Quando o Código de falha C1300 OBD2 É devido a, que após a execução de um autodiagnóstico no circuito interno do UCE de controlo de estabilidade, falhas foram detectadas.

Sintomas do código de falha C1300

Causas do código OBD2 C1300

O código de falha C1300 OBDII Ele é configurado devido ao seguinte:

  • A fiação associada à unidade de controle pode estar danificada.
  • Conexões de circuito do ECU de controle de estabilidade pode ter deficiências.
  • O ECU de controle de estabilidade Pode estar em mau estado.

Possíveis soluções do código de falha C1300

Para corrigir o código de diagnóstico C1300 OBD2 Considere o seguinte:

  • Veja o TSB.
  • Usando uma ferramenta de digitalização, você deve verificar se, além do código C1300, são armazenados DTC associado ao ABS, o TCS ou um controlador associado. Diagnostique esses códigos.
  • Verifica se não há deficiências na fiação ou conexões do circuito do ECU de controle de estabilidade. Se você detectar corrosão ou desgaste em qualquer um desses componentes, faça os reparos adequados.
  • Verifique se o ECU de controle de estabilidade está em boas condições. Por se tratar de um diagnóstico complexo, é aconselhável que você compareça a um centro de serviços automotivos.

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Sobre Antonio Figo

Antonio Figo é um renomado mecânico com décadas de experiência especializada em diagnóstico automotivo através do sistema OBD2 (On-Board Diagnostics 2). Sua paixão por veículos e sua busca incessante pelo conhecimento o transformaram em um dos principais especialistas em solução de problemas relacionados ao OBD2 na indústria automotiva.

Deixe um comentário